Prostituição invade MMOGs

Profissionais do sexo oferecem seus serviços durante jogatina.

Enquanto a comunidade dos Massives cresce sem parar, o espaço é visto como uma grande oportunidade…de negócios. Enquanto alguns apostam no crescimento da economia online, na qual dinheiro real e virtual se confundem – e se complementam-, outros vêem no mundo de fantasia um espaço ideal para divulgar marcas, serviços e porque não, faturar uma boa grana.

E desta vez foram os cenários de EVE Online palco da última façanha de marketing: “E-prostitutas”, como foram batizadas, oferecem seus serviços explicitamente a quem estiver jogando. A proposta é sempre apelativa e tentadora, dizem alguns. As profissionais – ou os profissionais – divulgam listas de serviços, além de descontos àqueles que se divertem no EVE Online.

Para realizar suas negociações, os “prestadores de serviços” utilizam os chats muito comuns em Massives.

Matéria da Renata Honorato para o ArenaIG.

2 Respostas to “Prostituição invade MMOGs”

  1. Vinicius Silva Says:

    É isso ai a matéria? Eu sai daqui pro site da ArenaIG pensando que ia ter algo. Imaginei que isso fosse apenas a introdução e o artigo completo estaria lá.

    Não é a toa que a ArenaIG é o portal de games mais fraco entre os grandes provedores.

    Terrivel.

  2. Gabriel Says:

    Legal… pague dinheiro virtual para um homem calvo e razoavelmente acima do peso, com manchas de suor na camisa usar sua personagem para te excitar enquanto voce se masturba na frente do pc.

    Tanta mulher e site pornô por aí e tem gente que me faz uma dessa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: